Todo o erro, trás consigo consequências ruins, e todo acerto trás consigo boas consequências, as consequências boas é fácil de suportar a té mesmo porque coisas boas todos nós queremos, mas, e quando cometemos um erro? Qual deve ser a nossa postura diante das consequências, desistir? desanimar? se matar? Claro que não ! Errou? Enfrente as consequências.

Vamos agora fazer um comparativo de dois personagens bíblicos: o primeiro não enfrentou e preferiu se matar ao invés de enfrentar, o segundo errou sim, mas agiu da maneira certa e conseguiu restituir tudo o que perdeu.

Errou? Então enfrente as consequências!

Errou? Então enfrente as consequências!

Exemplo de Judas (Mateus 27.1-5)

Judas quando, percebeu o erro que tinha cometido, e as consequência de um apedrejamento, linchamento que fariam com ele, preferiu se matar. Quantas pessoas preferem fugir do problema, desistindo, desanimando, abaixando a cabeça ou até mesmo literalmente se matando… ! Ter problemas na vida é inevitável ser derrotado por eles é opcional, no caso de Judas ele preferiu ser derrotado pelos problemas se matando.

Exemplo de Davi (1 Samuel 29.9 – 30.10, 16-18)

Davi, errou indo para uma batalha SEM CONSULTAR O SENHOR, quando voltou, encontrou a família roubada, casas queimadas e bens roubados, Davi sofreria talvez as mesmas consequências ruins que Judas enfrentaria, tais como: apedrejamento, linchamento até a morte pelas mãos do próprio povo. Ter problemas na vida é inevitável, ser derrotado por eles é opcional! Davi PORÉM daqui PREFERIU ENFRENTAR e conseguiu restituir tudo o que perdeu!

Conclusão:

Enfrente os problemas, reconheça os seus erros e enfrente as consequências, todo o erro tem consequências, não erre outra vez, deixando de enfrentar, faça como Daví, enfrentou e restituiu tudo novamente, lute, se esforce em Deus que ele é poderoso para fazer você dar a volta por cima.